quinta-feira, 2 de novembro de 2017

O PURGATÓRIO

O PURGATÓRIO

DISSE JESUS: “Quem blasfemar contra o Espírito Santo, não receberá o perdão, nem neste mundo, nem no mudo que há de vir” (Mateus 12, 32). Nesse versículo Jesus mostra que depois da nossa passagem pela terra podemos ainda ser perdoados no mundo que há de vir, exceto, o pecado contra o Espírito Santo.

Esse lugar que podemos ser purificados dos pecados veniais a Igreja Católica no século XV,  no Concílio de Florença, chamou de Purgatório, que significa, lugar de purificação, pois Jesus tinha deixado claro: “Os puros de coração verão a Deus” (Mateus 5, 8). Só se vê a Deus com o coração completamente puro.

 “Os que morrem na graça e na amizade de Deus, mas não estão completamente purificados, embora tenham garantida sua salvação eterna, passam, após sua morte, por uma purificação, a fim de obter a santidade necessária para entrar na alegria do Céu.  A Igreja denomina Purgatório esta purificação final dos eleitos, que é completamente distinta do castigo dos condenados” (Catecismo da Igreja Católica 1030-1031).

Já os que morrem em pecado grave: aborto (praticou, mandou praticar), assassinato (direto ou indiretamente), adultério, apostasia (apostatar, rebelar-se contra a fé) e os que se recusaram a se converter (endireitar sua vida) e crer em Jesus, estes vão direto para o fogo eterno.

Vão ao purgatório àqueles “que morrem na graça e na amizade de Deus, mas não estão completamente purificados”

“Este ensinamento [do purgatório] apóia-se também na prática da oração pelos defuntos, da qual já a Sagrada Escritura fala: "Eis por que ele [Judas Macabeu) mandou oferecer esse sacrifício expiatório pelos que haviam morrido, a fim de que fossem absolvidos de seu pecado" (2 Macabeus 12,46). Desde os primeiros tempos a Igreja honrou a memória dos defuntos e ofereceu sufrágios em seu favor, em especial o sacrifício eucarístico, a fim de que, purificados, eles possam chegar à visão beatífica de Deus. A Igreja recomenda também as esmolas, as indulgências e as obras de penitência em favor dos defuntos: (Parágrafos relacionados 958,1372,1479) (Catecismo da Igreja Católica 1032).

O fato de não constar na bíblia a palavra purgatório não quer dizer que ele não exista, assim como não consta na biblia a palavra Trindade e todos nós cremos que Deus é Uno-Trino. A palavra purgatório não está na bíblia, mas a evidência de um lugar para que sejamos purificados está tanto no Antigo Testamento como nos ensinamentos de Jesus.


Pe. José Carlos de Gois, CRL

terça-feira, 10 de outubro de 2017

Nossa agenda paroquial

Calendário do Mês de Novembro/2017

18 – Sábado
15h30 - Missa na Com. N. Sra. das Dôres - Pe. Geraldo
15h30 – Missa na Com. Santa Luzia - Pe. Carlos
18h – Casamento na Matriz - Pe. Geraldo
19h30– Missa na Matriz – Pe. Floren
19h30 – Missa na Com Santa Mônica - Pe. Geraldo
19h30 – Missa na São José- Pe. Carlos

19 - Domingo
09h00 – Missa na Matriz – Pe. Floren
09h00 – Missa na Com. São João- Crisma - - Mons. Nicodemos
15h00 –Missa no Setor São Pedro - Pe. Carlos
15h30 – Missa em Santa Fé - Pe. Floren
19h30 – Missa na Matriz- 1ª Euc - Pe. Geraldo
19h30 - Missa na Com. Ave Maria- 1ª Euc - Pe. Carlos

20  – Segunda-feira

21  – Terça-feira
17h – Missa no Carmelo - Pe. Carlos
19h30 – Missa na Matriz - Pe. Geraldo

22  – Quarta-feira
19h30 – Missa na São Francisco - Pe. Carlos

23  – Quinta-feira
15h30 – Missa no Setor N. Sra. de Guadalupe - Pe. Carlos
19h – Adoração e Missa na Matriz - Pe. Carlos

24 – Sexta-feira
15h – Missa Com. Sag. C. de Jesus (Gruta) - Pe. Carlos
16h Missa no Hospital - Pe. Geraldo
19h30 - Missa na Com. Sagrada Familia - Pe. Carlos

25 – Sábado
15h30 – Missa no Sitio Fazenda velha - Pe. Geraldo
16h - Momento EJC - Matriz - Pe. Carlos
19h30 – Missa na Matriz - Pe. Carlos

26  – Domingo –
7hh30 – Missa na Matriz - Pe. Geraldo
09h00 – Missa na Com. Santa Mônica - Pe. Carlos
09h00 – Missa na Com. Santo Agostinho - Pe. Floren
16h - Missa na Praça 26 de novembro - Pe. Geraldo e Pe. Carlos

27 – Segunda-feira

28 – Terça-feira
17h – Missa no Carmelo - Pe. Carlos
19h30 – Missa na Matriz - Pe. Carlos

29  – Quarta-feira

30  – Quinta-feira
16h – Missa no Abrigo Menino Jesus - Pe. Carlos
19h – Procissão saindo da Matriz para Com. Ave Maria e Missa - Pe. Geraldo


Calendário do Mês de Dezembro/2017


01 – Sexta-feira - EJC
7h30 – Missa na Matriz
15h30 Missa no St. Palmas/Veronica
19h30 – Missa na Com. Sagrada Família
19h30 – Celebração na Ave Maria - Diác. Edinho

02 –  Sábado - EJC
15h30 – Missa no St. Saco dos Campos
17h00 – Casamento na Matriz
18h – Casamento na Matriz
19h30 – Missa na Matriz
19h30 – Missa na Ave Maria - CRL

03 – Domingo - EJC
09h00 – Missa na Matriz
09h00 – Missa no Setor Maria de Nazaré
15h00 – Missa no Setor São Pedro- 1ª Euc
15h30 - Missa no St. Goiana
19h30 – Missa na Matriz
19h30 – Missa na Ave Maria - Pe. Floren
19h30 – Missa na Com. Sagrada Familia

04  – Segunda-feira
19h30 – Missa na Ave Maria - Pe Adone

 05 – Terça-feira
17h – Missa no Carmelo
19h30 – Missa na Matriz
19h30 – Missa na Ave Maria - Pe. João Batista

06  – Quarta-feira
19h30 – Missa na Ave Maria - Pe Denis

07  – Quinta-feira
19h30 – Adoração e Missa na Matriz
19h30 – Adoração na Ave Maria

08 – Sexta-feira
9h30 – Missa na Pio Xº - CG – Pe. Carlos
15h30- Missa no St. Corrimboque
15h30 – Missa no Assent Imaculada Conceição
19h30 – Missa na Com. Sagrada Família
19h30 – Missa na Ave Maria - CRL

09 – Sábado
16h/ 17h/ 18h – Casamento na Matriz
19h30 – Missa na Matriz
19h30 – Missa na Com. São José

10 –Domingo
09h00 – Missa na Matriz
09h00 – Missa na Com. Santo Agostinho
15h – Missa no Sitio Fragoso
19h30– Missa na Com. Matriz
 19h30 – Missa na Com. São João Batista
11 – Segunda-feira
19h30 – Missa na Com. Santa Luzia

12– Terça-feira
15h – Missa festiva em N. Sra de Guadalupe
17h – Missa no Carmelo
19h30 – Missa na Matriz
19h30 – Missa na Com. Santa Luzia

13 – Quarta-feira
19h30 – Missa no Sitio Lage
19h30 – Missa na Com. Santa Luzia

14  – Quinta-feira
19h30– Adoração e Missa na Matriz

15  – Sexta-feira
15h30- Missa no St.  Lagoa de Tanque
15h30 – Missa no St. Capivara III
19h30 – Missa na Com. Sagrada Família

16  – Sábado
15h30 – Missa na Com. N. Sra. das Dôres
15h30 – Missa na Com. Santa Luzia (Pissarro)
17h/18h – Casamento na Matriz
18h – Casamento na Santa Mônica – Pe. Carlos
19h30 – Missa na Matriz
19h30 – Missa na Com. Santa Mônica

17 – Domingo
09h00 – Missa na Matriz
11h00 – Casamento na Santa Mônica – Pe. Geraldo
15h00 – Missa no Setor São Pedro
19h30 – Missa na Matriz
19h30 – Missa na Com. Ave Maria
19h30 – Missa na Com. São João Batista

18 – Segunda-feira
19h30 – Missa na Com. São José

19 – Terça-feira
7h – Missa no Carmelo
15h30 – Missa em Santa Fé
19h30 – Missa na Matriz

20– Quarta-feira
15h30- Missa no St. São Luiz

21 – Quinta-feira
19h30 – Adoração e Missa na Matriz

22– Sexta-feira
15h – Missa Com. Sag. C. de Jesus (Gruta)
19h30- Missa na Com. Sagrada Familia
23 – Sábado
16h/ 17h/ 18h – Casamento na Matriz
18h – Casamento na Santa Mônica
19h30- Missa na Matriz

24 – Domingo
09h00 – Missa na Matriz, após haverá batizados
09h00 – Missa na Com. Santa Mônica
09h00 – Missa na Com. Santo Agostinho
15h30 - Missa na Com. Sta. Tereza (Chã)
18h - Casamento na São João – Pe. Carlos
21h – Missa na Matriz

25 – Segunda-feira
19h30 – Missa na Sagrada Família – Pe. Carlos

26  – Terça-feira
17h – Missa no Carmelo
19h30 – Missa na Matriz
19h30 – Missa na Sagrada Família – Pe. Antônio

27 – Quarta-feira
19h30 – Missa no Assentamento S. Francisco
19h30 – Missa na Sagrada Família – Pe. Floren

28  – Quinta-feira
15h30 – Missa no Setor N. Sra. de Guadalupe
16h00 – Missa no Abrigo Menino Jesus
18h – Procissão pra Bananeiras – Missa – Pe. Carlos
19h30 – Adoração e Missa na Matriz
19h30 – Cel. na Sagrada Família – Diác. Raminho

29  – Sexta-feira
16h00 – Missa no Hospital
19h30 – Missa na Sagrada Família – Pe. Adone

30-Sábado
15h30 – Missa no Sitio Fazenda velha
18h – Casamento em São Pedro
19h30 – Missa na Matriz
19h – Procissão e Missa na Sagrada Família – Pe. Geraldo

31 – Domingo
09h00 – Missa na Matriz
21h– Missa Campal na Com. Matriz

  FELIZ 2018

Calendário do Mês de Janeiro /2018

01– Segunda-feira

02 –  Terça-feira
17h – Missa no Carmelo
19h30 Missa na Matriz

03 – Quarta-feira

04  – Quinta-feira
19h30 – Adoração e Missa na Matriz

 05  – Sexta-feira
07h30 – Missa na Matriz

06  – Sábado
15h30 – Missa no St. Saco dos Campos

19h30– Missa na Matriz

07  – Domingo
09h00 – Missa na Matriz
15h30 – Missa em São Pedro
19h30 – Missa na Matriz


08  – Segunda-feira

09  – Terça-feira
17h – Missa no Carmelo
19h30 – Missa na Matriz

10 –Quarta-feira


11  – Quinta-feira
19h30 – Adoração e Missa na Matriz

12  – Sexta-feira
15h30 – Missa no St. Corrimboque
19h30– Missa na Com. Sagrada Família

13  – Sábado
15h – Missa em N.Sra de Fátima – Fazenda Velha
19h30 – Missa na Matriz
19h30 – Missa na Com. São José

 14  – Domingo
09h – Missa na Matriz e Batizados
09h – Missa na Com. Santo Agostinho
15h – Missa no Sítio Fragoso
19h30 – Missa na Matriz
19h30– Missa na Com. São João Batista

15 – Segunda-feira
15h30 – Missa no Covão –

16  – Terça-feira
17h –Missa no Carmelo
19h30 – Missa na Matriz

17 – Quarta-feira
15h30 – Missa no St. São Luiz

18  – Quinta-feira
19h30 – Adoração e Missa na Matriz
19h30 – Missa na Com. São José

19  – Sexta-feira
15h30 – Missa no St. Lagoa de Tanque
15h30 – Missa em Santa Fé
19h30 – Missa na Com. Sagrada Família

20 – Sábado
15h30 – Missa na Com. Nossa Sra. das Dôres
15h30 – Missa na Com. Sta. Luzia
17h00 – Casamento na Igreja São Pedro(Barrocas)
18h00 – Casamento na Matriz
19h30 – Missa na Matriz
19h30 – Missa na Com. Santa Mônica

21– Domingo
09h00 – Missa na Matriz
15h30 – Missa no Setor São Pedro
19h30– Missa na Matriz
19h30– Missa na Com. São João Batista
19h30– Missa na Com. Ave Maria

22– Segunda-feira

23 – Terça-feira
17h – Missa no Carmelo
19h30 Missa na Matriz

24  – Quarta-feira
19h30 – Missa no Assentamento S. Francisco
  
25  – Quinta-feira
15h30 – Missa em N. Sra.de Guadalupe
16h00 – Missa no Abrigo Menino Jesus
19h00 – Adoração e Missa na Matriz
26  – Sexta-feira
15h – Missa Com. Sag. C. de Jesus (Gruta)
16h00 – Missa no Hospital
19h30 – Missa na Com. Sagrada Família

27  – Sábado
15h30 – Missa no Sitio Fazenda velha
17h00 e 18h00 – Casamentos na Matriz
19h30 – Missa na Matriz

28  – Domingo
09h – Missa na Matriz - Batizados
09h- Missa na Com Santo Agostinho
09h – Missa na Com. Santa Mônica
15h30 - Missa na Com. Sta. Tereza
19h30 – Missa na Matriz
19h30 – Missa na Com. São João Batista

29 – Segunda-feira

30– Terça-feira
17h – Missa no Carmelo
19h30 Missa na Matriz

31  – Quarta-feira

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Ordenação episcopal e posse de Mons. Aldemiro

Mons. Aldemiro Sena dos Santos será ordenado bispo dia 17 de dezembro na Catedral de Ilheus na Bahia e tomará posse como 04º bispo diocesano de Guarabira na tarde do dia 02 de fevereiro de 2018, festa de N. Sra da Luz.

A partir de hoje o nome dele já deve ser nomeado em todas as missas na oração Eucarística, pois já é bispo eleito da nossa amada diocese.

Ele já pode usar algumas insignias de bispo, como por exemplo o solideu e a cruz peitoral.

4º bispo Diocesano para diocese de Guarabira

A Nunciatura Apostólica no Brasil comunicou nesta quarta-feira, 04, a decisão do papa Francisco em nomear para a vacante diocese de Guarabira, na Paraíba, padre Aldemiro Sena dos Santos, atualmente pároco da Catedral de Ilhéus, na Bahia. A decisão foi comunicada no jornal “L’Osservatore Romano”.
Aldemiro Sena dos Santos
Atualmente com 53 anos de idade, Aldemiro Sena dos Santos é natural de Ibirataia (BA). Formado em Filosofia e Teologia pelo Instituto de Teologia de Ilhéus, foi ordenado sacerdote em 1992, na Catedral de São Sebastião, em Ilhéus (BA). Como presbítero exerceu, entre os anos de 1993 a 1996, o posto de reitor do Seminário Menor São Domingos Sávi, em Ilhéus. Paralelo a esta experiência, também foi pároco da Paróquia Nossa Senhora da Escada, em Olivença, Ilhéus. De 1996 a 1998, exerceu o sacerdócio na Paróquia Nossa Senhora da Conceição, em Barro Preto, Ilhéus.
Entre os anos de 1998 a 2007, Aldemiro foi pároco da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, em Ilhéus, concomitamente também era coordenador do Centro de Treinamento de Líderes Santa Cruz, na mesma cidade. Em 2006, foi eleito representante do clero diocesano, cargo que ocupou até o ano de 2014. Em 2007, foi nomeado pároco da Paróquia São Francisco de Assis, em Ilhéus.
De 2013 a 2014, padre Aldemiro exerceu o posto de presidente dos presbíteros do regional Nordeste III da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Desde 2015, que exerce a provisão de pároco da Paróquia São Jorge e Catedral de São Sebastião, em Ilhéus. Também é ecônomo da diocese e presidente da Sociedade São Vicente de Paulo, que inclui o abrigo para idosos.
FONTE:http://cnbb.net.br/papa-francisco-nomeia-bispo-para-a-vacante-diocese-de-guarabira-na-paraiba/

terça-feira, 26 de setembro de 2017

2018, Ano do Laicato no Brasil


A Igreja no Brasil vai celebrar, no período de 26 de novembro de 2017 à 25 de novembro de 2018, o “Ano do Laicato”.

Cristãos leigos e leigas, sujeitos na "Igreja em saída" a serviço do Reino


Sal da Terra e Luz do Mundo (Mateus 5, 13-14)


Objetivo Geral: Como Igreja, povo de Deus,
*Celebrar a presença e a organização dos cristãos leigos e leiga no Brasil

*Aprofundar a sua identidade, vocação, espiritualidade e missão


*Testemunhas Jesus Cristo e seu Reino na Sociedade

Oração do ano do laicato
Ó Trindade Santa, / Amor pleno e eterno, / que estabelecestes a Igreja como vossa 'imagem terrena':Nós vos agradecemos / pelos dons,carismas, / vocações, ministérios e serviços / que todos os membros do vosso povo realizam / como “Igreja em saída”, / para o bem comum, / a missão evangelizadora / e a transformação social, / no caminho vosso Reino.

Nós vos louvamos / pela presença e organização dos cristãos leigos e leigas no Brasil / sujeitos eclesiais, testemunhas de fé, / santidade e ação transformadora. 

Nós vos pedimos, que os batizados /atuem como sal da terra e luz do mundo: / na família, no trabalho, / na política, e na economia, / nas ciências e nas artes, / na educação, na cultura e nos meios de comunicação; / na cidade, no campo e em todo o planeta, / nossa “casa comum”. 

Nós vos rogamos que todos  contribuam / para que os cristãos leigos e leigas / compreendam sua vocação e identidade, / espiritualidade e missão, / e atuem de forma organizada na Igreja e na sociedade / à luz da evangélica opção preferencial pelos pobres.

Isto vos suplicamos / pela intercessão da Sagrada Família, / Jesus, Maria e José, / modelos para todos os cristão / Amém!

terça-feira, 19 de setembro de 2017

Semana da Juventude 2017

Está chegando mais uma semana da juventude

Segue abaixo a programação:
Dia 30/09 Na comunidade Sagrada Família, Grupo Jovem JUC: Aprofundar o carisma do grupo

Dia 07/10 Na comunidade São Joao Batista, Grupo Jovem RENASCER: Aprofundar o carisma do grupo

Dia 08/10 Missa de abertura da semana da Juventude 19h30

Dia 09/10 - Louvor às 15h na Praça 26 de novembro

Dia 10/10 - Filme A CABANA às 19h30 no Salão Paroquial

Dia 11/10 - Pedal Cristo saindo as 19h30 da Matriz

Dia 12/10 - 2º Encontrão Mariano na Comunidade Ave Maria a partir das 13h30

Dia 13/10 - Luau na Praça 26 de Novembro a partir das 19h30.

Dia 14/10 - Pregação às 19h30 na Quadra do DER 

Dia 15/10  - Cenáculo na Comunidade São João Batista, das 8h30 às 16h com a Santa Missa.

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

+ Monsenhor José Rodrigues Fidelis

Na tarde do dia 06 de setembro de 2017, Monsenhor  José Rodrigues Fidelis, 97 anos, nosso ex-pároco de Solânea adormeceu no Senhor e voltou a casa do Pai.

Ele nasceu dia 27 de abril de 1921; Ordenado sacerdote dia 30 de novembro de 1948

Era padre da Arquidiocese da Paraíba e trabalhou nas cidades de Bananeiras, Solânea e Remígio antes da criação da Diocese de Guarabira.

Foi professor do colégio agrícola Vital de Negreiros na cidade de Bananeiras.

Foi vigário colaborador da Paróquia Nossa Senhora do Livramento em Bananeiras, antes da criação da Paróquia Santo Antônio, Solanea.

Sempre estava presente nas reuniões do clero e do zonal brejo Norte, como era chamada essa parte da arquidiocese da Paraíba.

Em Solânea o Mons. Fidélis fundou o Sindicato dos trabalhadores rurais, o colégio Pedro Augusto de Almeida e a grande festa da colheita no mes de setembro. A festa era esperada pelos comerciantes que trazia grande movimento comercial, a maior festa da cidade.

Descanse em paz + Monsenhor  José Rodrigues Fidelis.
Nossa gratidão!!!



quarta-feira, 6 de setembro de 2017

Envio de Padres pra Diocese de Grajaú


No encerramento do ano mariano dia 12 de outubro em nossa catedral diocesana de Nossa senhora da Luz, Guarabira-PB,
através do projeto da CNBB: Dioceses irmãs, três padres de nossa diocese serão enviados para Diocese de  Grajaú-MA e ficarão por alguns anos em trabalho missionário. 


Pe. Jandeilson

 Diác (Pe.) Jonathan Magaywer
Será ordenado padre dia 06/10
Pe. Leir

Nossas orações por estes missionários!

05 ORDENAÇÕES SACERDOTAIS

No próximo dia 06 de outubro, 
as 19h na Catedral Nossa Senhora da Luz, Guarabira-PB, 
o arcebispo metropolitano da Paraiba, D. Manoel Delson Pedreira da Cruz, O.F.M, Cap vai impor suas mãos sobre 05 diáconos da Diocese de Guarabira e através da oração consecratória eles se tornarão presbíteros, ou seja, sacerdotes.


Da esquerda pra direita

Diác. Everson Danilo de Vasconcelos Santos
Diác.Jonathan Magaywer B. de Lima
Diác. Daniel de Lima Andrade
Diác. Raul Rodrigues da Costa Neto
Diác. Júnior Bezerra dos Santos

Momento de muitas bençãos e graças na Diocese de Guarabira.

Rogamos ao Senhor da Messe que continue a suscitar no coração dos jovens o ardente desejo de se entregarem totalmente a Deus na vocação sacerdotal.

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Ordenação Sacerdotal

A Ordem dos Conegos Regulares Lateranenses e a família do diác. Côn. José Wilson Fabrício Da Silva tem a honra de convidar V. Exa. e Ilustríssima família para participarem da Celebração Eucarística na qual ele será ordenado presbítero pela imposição das mãos e oração consecratória do Exmo.Reverendíssimo Dom Francisco de Assis Dantas de Lucena, Bispo da Diocese de Nazaré da Mata-PE.
A realizar-se no dia 05 de agosto de 2017 na Paróquia Nossa Senhora da Conceição às 16h30 na cidade de Passira-PE.
Em 2010 ele foi seminarista em nossa paróquia Santo Antônio e acompanhou a formação paroquial dos coroinhas e acólitos.

terça-feira, 2 de maio de 2017

Para Batizar seus filhos ou afilhados

PARA BATIZAR

Crianças até 07 anos podem ser batizadas em qualquer mês.
A partir dos 07 anos serão batizadas quando ingressarem na catequese. O mesmo se diz para o adolescente e o adulto.


Aos padrinhos se exige que tenham acima de 16 anos, sejam batizados e crismados. Sejam solteiros sem conviver conjugalmente com ninguém, ou então, casados na Igreja.


É errado quem mora junto ser padrinho ou madrinha com outra pessoa solteira ou casada.


Aos pais não se exige que sejam casados na Igreja.



Para marcar o Batismo na Secretaria:
-Certidão da criança
-Certidão de casamento dos padrinhos ou RG se forem solteiros sem conviver conjugalmente;
-Comprovantes da reunião do batismo dos pais e dos padrinhos,
-Taxa de R$30,00 (Dispensada para quem alegar pobreza).

A documentação é importante para que os respectivos nomes da criança, pais e padrinhos sejam anotados corretamente.


BATISMOS no 2º e 4º Domingo do mês nesta Matriz.

Pede-se aos pais e padrinhos que vão batizar seus filhos/afilhados que participem da missa às 9h. Após a missa inicia imediatamente os batizados. Chegar atrasado implica em remarcar o batismo, pois a celebração estará em andamento.

Curso (Catequese) de batismo para pais e padrinhos

Curso (Catequese) de batismo
para pais e padrinhos

Sábado - Às 14h no ASSENTAMENTO SÃO FRANCISCO
Sábado - Às 15h na SANTO AGOSTINHO

1º Domingo- Às 8h30 na SANTA MÔNICA
1º Domingo- Às 14h na SÃO JOÃO                   

Sábado - Às 13h30 na Capela SANTA TEREZA
2º Domingo – Às 13h na SAGRADA FAMÍLIA
2º Domingo – Às 13h30 na AVE MARIA

3º Domingo – Às 13h30 na SÃO JOSÉ

4º Domingo- Às 14h na MATRIZ



Padrinhos que tenham mais de 16 anos; sejam batizados e crismados; casados na Igreja ou solteiros sem conviver conjugalmente com ninguém; Participem da Igreja e de preferência morem na mesma cidade.

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Caminhada do Padre Ibiapina 2017

Caminhada do Padre Ibiapina 2017



3:30  - Concentração em frente da Matriz

4:00 – Saída da Caminhada, Matriz Santo Antônio – Solânea até o Santuário Pe Ibiapina no distrito de Santa Fé.

Chegada no santuário pelas 6:30



Caminhe com FÉ, REZANDO, CANTANDO e sem pressa.
Bonito não é chegar na frente
Bonito é chegar Juntos.

Fotos: Arquivo. Solanea Online

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Secretaria Paroquial

Durante o mês de Janeiro a nossa secretaria paroquial é aberta apenas pela manhã, das 7h às 11h.

Nosso Vigário Padre Carlos, CRL, atende confissões e aconselhamentos de terça a sexta-feira, das 8h às 11h ou noutro horário a ser combinado.


O sacramento da Unção dos Enfermos e a encomendação dos defuntos sejam combinados com o padre o quanto antes. 

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

O DÍZIMO - “Fazei esta experiência comigo” (Malaquias 3, 10).

O DÍZIMO



Deus pede: “Fazei esta experiência comigo” (Malaquias 3, 10).





A cada dia as pessoas estão se conscientizando sobre a importância de serem dizimistas. A Igreja, desde o tempo bíblico é legalmente mantida com o dízimo e as ofertas.

O primeiro dizimista foi o patriarca Abraão (Gn 14, 18-20), o pai da fé; ele “deu ao sacerdote Melquisedec a décima parte de tudo”.

O verdadeiro filho de Deus é grato a Ele por tudo que Ele faz em sua vida e, como gratidão, devolve parte do que recebe, pois sabe que não lhe pertence. Se não lhe pertence, não pode gastar.

Deus pede: “Trazei o dízimo completo para o Templo. Façam essa experiência comigo, diz o Senhor dos exércitos. Vocês hão de ver, então, se não abro as comportas do céu, se não derramo sobre vocês as minhas bênçãos de fartura” (Cf. Ml 3, 6-12).

Nos Evangelhos Jesus fala claramente que o dízimo precisa ser dado. “Ai de vós, mestres da Lei e fariseus hipócritas! Pagais o dízimo da hortelã, da erva doce e do cominho e desprezais os ensinamentos mais importantes da Lei: a justiça, a misericórdia, a fidelidade. Vocês deveriam praticar isso, sem deixar de fazer aquilo” (Mt 23,23).

Nesta passagem Jesus salienta: vocês precisam ser dizimistas sem deixar de praticar a caridade e a misericórdia a quem precisa. Deem a Deus o que é de Deus e da parte que lhe sobra façam também caridade. Não compete ao fiel fazer caridade com a parte que pertence a Deus. Faça com a parte que lhe pertence. A parte de Deus é de Deus e só compete ao fiel entregar no Templo (Ml 3,10). Aquele que está à frente do Templo deve administrar bem o dízimo arrecado e um dia prestará contas a Deus.

Para Deus se deve “doar sem pena ou constrangimento, porque Deus ama quem dá com alegria” (2 Cor 9,7).

Termino lembrando as ilustres figuras de 05 de novembro: São Zacarias e Santa Isabel, pais de São João Batista. “Nos tempos de Herodes, rei da Judéia, houve um sacerdote por nome Zacarias, da classe de Abias; sua mulher, descendente de Aarão, chamava-se Isabel. Ambos eram justos diante de Deus: obedeciam fielmente a todos os mandamentos e leis do Senhor” (Lc 1, 5-6).

Zacarias, mesmo sendo sacerdote, era dizimista, pois ser justo diante de Deus, significa observar fielmente todos os preceitos do Senhor.

São José, mesmo sendo pobre, era também justo (Lc 1, 19), ou seja, também dizimista.

“O pouco com Deus é muito. O muito sem Deus é nada”

E agora, qual a desculpa para não ser dizimista?
O fato de ser padre, coordenador, catequista, RCC, ECC, EJC ou membro de pastorais e comunidades não dispensa de ser dizimista. Pelo contrário, deveria ser o primeiro a dar exemplo e ser justo e fiel a Deus. Pense nisso!

Pe. José Carlos, CRL.


terça-feira, 25 de outubro de 2016

Terço dos Homens



Observou-se anos atrás em todo o Nordeste, o surgimento de um grande grupo de oração, o grupo dos Homens do Terço. A cada semana no dia e horário marcado lá estavam eles com seu terço nas mãos e muita disposição e alegria para a referida oração.

Com o passar do tempo, apesar de uma organização bem pensada (coordenação, tesouraria e secretaria) houve recaída em todos os lugares. A perseverança sempre é difícil, mas, como diz Jesus: “Feliz aquele que perseverar até o fim, pois será salvo” (Mateus 24, 13).

A ida a Igreja era culturalmente coisa de mulher, mas o movimento ou a pastoral Terço dos Homens quebrou esse tabu. Uns foram convidando outros e, de repente, os amigos tinham sido contagiados por esta linda oração.

Na verdade, dá gosto de ver os homens rezando o terço. Perderam a vergonha dos microfones e, eles mesmos, conduzem todo o momento rezando o terço, apresentando cada intenção, animando com cantos variados, proclamando e partilhando a Palavra de Deus. Que maravilha e encantador é o terço dos homens!

Na condição de padre pude presenciar muitas mudanças, libertações e bênçãos na vida de tais homens e na vida de suas famílias. Muitos deixaram o álcool, o adultério, os jogos e a mania de ficar em frente a uma TV em vez de ir a Igreja. Através do terço eles se achegaram a Igreja para missas e para sua inserção em alguma pastoral ou movimento. Descobriram seus talentos e se colocam a serviço da comunidade.

São Tiago disse que “a fé sem obras é morta” (Tiago 2, 17. 26). Os homens do terço não são pessoas que apenas rezam, mas são pessoas que se solidarizam uns com os outros e promovem campanhas e mutirões para cestas básicas aos carentes e construções ou reformas de capelas e uma casa mais digna aos necessitados.

Os homens do terço são homens de fé e de perseverança e rezam por suas necessidades e pelas situações adversas da sociedade - suplicando e clamando a misericórdia de Deus e sua ação no hoje da história. Dificilmente contam com a presença de seu padre na oração do terço semanal, mas eles estão lá, estão fazendo a sua parte e evangelizando uns aos outros, do seu jeito, mesmo com sua humildade e simplicidade.

 A todos os homens do terço a minha gratidão e reconhecimento por serem parcela da Igreja que “ora et labora” (reza e trabalha). Sejam perseverantes na fé. Nossa missão é de sermos pescadores de homens (Lucas 5, 10b) e não de nos perdermos na caminhada com outras prioridades. Já presenciei grupo que apenas o coordenador apareceu por muitas semanas e sozinho fez a sua parte. Hoje, o grupo que o referido coordenador chegou a rezar sozinho continua a crescer de forma admirável, graças a Deus e a ele que não lavou as mãos ou cruzou os braços, mas confiou que sua semente produziria frutos e, como tem produzido.

Recomendo a participação e interação com os demais grupos do terço de sua paróquia e paróquias vizinhas. Participem das missas, dos retiros, aniversários, encontros e qualquer evento do terço dos homens. É sempre belo presenciar os homens de vários grupos do terço em perfeita sintonia e harmonia. A união faz com que o grupo do terço dos homens seja realmente a grande família. E, pra terminar uma última recomendação: reze o terço nos demais dias da semana, seja sozinho ou, melhor ainda se for com sua família, pois Jesus prometeu: “Onde dois de vocês estivem de acordo sobre qualquer coisa que queiram pedir, ISSO LHES SERÁ CONCEDIDO POR MEU PAI que está nos Céus” (Mateus 18, 19). Planta regada semanalmente pode morrer, mas diariamente, dificilmente morrerá. Oração diária na mesma intenção não ficará sem respostas.

Pe. José Carlos de Gois,

Cônego Regular Lateranense