quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Não percam a esperança, diz Papa para Jubileu dos Adolescentes

Não percam a esperança, diz Papa para Jubileu dos Adolescentes

Por Rádio Vaticano
Em sua mensagem ao Jubileu da Misericórdia dos Adolescentes, divulgada nesta quinta-feira (14/01), o Papa Francisco voltou a reforçar que o Jubileu é para todos, sem distinção, e fez um convite aos jovens que vivem em áreas de conflitos ou de extrema pobreza a continuar contra a corrente. “Não acrediteis nas palavras de ódio e terror que se repetem com frequência; pelo contrário, construam novas amizades.”
Entre as novidades deste Ano Santo da Misericórdia, está o Jubileu dos Adolescentes, que será celebrado nos dias 23 e 24 de abril e voltado à faixa etária dos 13 aos 16 anos de idade.
Para todos
Com o tema “Crescer misericordiosos como o Pai”, em sua mensagem, o Papa Francisco destaca que “não há fronteiras nem distâncias que possam impedir a misericórdia do Pai de nos alcançar, tornando-se presente no meio de nós”. O Santo Padre lembra ainda aos adolescentes que a Porta Santa está aberta em Roma e em todas as dioceses do mundo.
Aos jovens, Francisco explica que o Jubileu é um período santo de reflexão e de descoberta. “Viver como irmãos – diz o Papa – é uma grande festa, a mais bela que se pode sonhar, a festa sem fim que Jesus nos ensinou a cantar através do seu Espírito.”
Sejam corajosos
Segundo o Pontífice, o tema escolhido para o Jubileu dos Adolescentes é também uma oração da Igreja aos jovens de todo o mundo. “Crescer misericordiosos significa aprender a ser corajosos no amor prático e desinteressado, significa tornar-se grande tanto no aspecto físico, como no íntimo de cada um. Estejam preparados para tornarem-se cristãos capazes de escolhas e gestos corajosos, capazes de construir cada dia, mesmo nas pequenas coisas, um mundo de paz”, afirma o Papa.
Francisco reconhece, no entanto, o período de mudanças que ocorre na vida dos adolescentes. Apesar disso, ele pede a eles que “permaneçam firmes no caminho da fé, com esperança no Senhor”. “Com Ele – ressalta o Pontífice -, podemos fazer coisas grandes; Ele nos fará sentir a alegria de sermos seus discípulos, suas testemunhas. Apostem nos grandes ideais, nas coisas grandes.”
Guerra e pobreza
Aos adolescentes que vivem em áreas de conflitos, de guerras e de extrema pobreza, o Papa pede para que não percam a esperança. “O Senhor – ressalta Francisco – tem um grande sonho a realizar juntamente com vocês. Os amigos da mesma idade, que vivem em condições menos dramáticas do que as suas, lembram-se de vocês e comprometem-se para que a paz e a justiça possam pertencer a todos.”
Reflexão e atitude
Para participar do Jubileu dos Adolescentes, o Santo Padre faz um apelo aos jovens para que preparem o coração e a mente, e meditem os desejos entregues a Jesus no Sacramento da Reconciliação e na Eucaristia.
“Quando passarem pela Porta Santa – destaca o Papa Francisco -, lembrem de que vocês se comprometem a santificar suas vidas e a se alimentarem do Evangelho e da Eucaristia, que são a Palavra e o Pão da vida, para que possam construir um mundo mais justo e fraterno.”
No espírito da JMJ (Jornada Mundial da Juventude), em Roma, uma programação especial está sendo preparada para os adolescentes inscritos para participar das celebrações do Jubileu nos dias 23 e 24 de abril, como o Sacramento da Reconciliação e a passagem pela Porta Santa, além da missa com o Papa Francisco na Praça São Pedro.
Por Rádio Vaticano

terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Transferências 2016

Os Padres e Professos da Ordem dos Cônegos Regulares Lateranenses estiveram reunidos em Pirapora do Bom Jesus – SP, entre 4 e 8 de Janeiro do corrente ano, para o VI Capítulo da Província Brasileira.

O encontro serviu para a tomada de decisões sociais, administrativas e pastorais referentes à Congregação Religiosa e suas Paróquias confiadas, em especial a análise e estudos institucionais a respeito do futuro da Ordem.

Além dos membros da Província Brasileira, estiveram presentes no Capítulo Provincial:

Dom Luciano Bergamin, CRL – Membro da Ordem e Bispo Diocesano de Nova Iguaçu

Dom Giuseppe Cipollonni, CRL – Padre Abade Geral da Ordem

Pe. Ercole Turoldo, CRL – Superior da Província Italiana

Dom Frei João Bosco Barbosa de Sousa, OFM – Bispo Diocesano de Osasco

Dom Vicente Costa – Bispo Diocesano de Jundiaí

Tendo em vista as necessidades pastorais das Paróquias que estão confiadas à Ordem e a disponibilidade dos Padres e Professos, foram realizadas algumas nomeações e transferências entre as casas canonicais.
Segue-se a composição dos Padres que ficaram responsáveis pela Paróquia Santo Antônio - Solânea -PB

Pe. Geraldo Bernardi, crl
Pároco

 Pe. José Carlos de Góis Crl
Vigário

Josephus Floren 
Vigário

Edi Carlos Crl
Seminarista Estagiário



Pe Cledson CRL foi transferido para paróquia de São Luiz em Caxias do Sul-RS

Pe Daniel Kitumba CRL foi trasferido para paróquia Nossa Senhora dos Remédios em Osasco-SP